Ano XIII | Edição 712 | 01 de Outubro de 2014

POLÍCIA

19 de Setembro de 2014

Empresária de Parnamirim sofre sequestro relâmpago

noticiaq

A empresária não quis se identificar, mas sabe-se que mora em Parnamirim

Uma empresária que mora em Parnamirim, mais precisamente no bairro Vida Nova, foi vítima de um sequestro relâmpago e passou mais de 30 minutos em poder de bandidos, sendo amordaçada e ameaçada de morte. O sequestro aconteceu na noite da última segunda-feira (15) e, na terça-feira (16), quatro suspeitos foram detidos e o carro da vítima encontrado.

A mulher foi abordada quando estava saindo de casa. Um homem armado entrou no carro dela e a rendeu. Pelo menos outros três estavam em outro carro dando cobertura. A mulher foi amordaçada e feita refém. Durante o crime, os bandidos colocaram arma na cabeça dela e ameaçaram atirar.

Após mais de 30 minutos rodando com a vítima no carro, eles a soltaram em um matagal. "Caminhei cerca de seis quilômetros até encontrar a casa e uma mulher me ajudar a acionar a polícia para me socorrer", relatou.

Na terça-feira, o carro da empresária, um Gol Geração V, foi encontrado depenado, em um matagal por trás do Centro de Treinamento do América. Quatro pessoas foram detidas por suspeita de participação no crime, entre elas uma adolescente que foi reconhecido pela vítima.

O menor negou participação, mas um comparsa confirmou a ação. O adolescente, inclusive, de acordo com o sargento Wilson Ramos, da Força Tática do 3º Batalhão, também já foi apreendido por homicídio e porte ilegal de armas. 

19 de Setembro de 2014

Jovem de 19 anos é assassinado com três tiros na cabeça

noticiaq

O crime ocorreu no bairro Planlto, na zona Oeste de Natal

A polícia registrou um crime de homicídio, na noite da última quarta-feira (17), na rua Francisco de Assis da Silveira, no bairro Planalto, na zona Oeste de Natal. A vítima foi identificada como Alesson Inácio de Moura, de 19 anos.

De acordo com o cabo Rodrigues de Lima, do 9º Batalhão, o jovem estava em uma motocicleta e parou em uma esquina. Neste momento, os criminosos se aproximaram, também em uma moto, e atiraram três vezes contra a cabeça de Alesson, que acabou morrendo antes de chegada do socorro.

Ainda segundo a polícia, Alesson era ex-presidiário e cumpriu pena por assalto. O pai dele esteve na cena do crime e revelou que o filho dava trabalho e tinha problemas com a Justiça. "Apesar dos conselhos que eu dava, meu filho nunca deixou o crime de lado. Por isso, sempre temia que isso pudesse acontecer", lamentou.

Os dois autores do homicídio fugiram sem serem identificados. Apesar de o crime ter sido praticado ainda no início da noite, por volta das 19h30, os populares não quiseram contar detalhes para a polícia, temendo algum tipo de represália. 

19 de Setembro de 2014

Vigia de rua é assassinado no Barro Vermelho

Um vigia de rua de 25 anos foi executado, na madrugada da última quarta feira (17), na rua Heráclito Vilar, no bairro Barro Vermelho, zona Leste de Natal.

De acordo com uma testemunha, a vítima, identificada como Pedro Henrique Campos do Nascimento, foi surpreendida por homens em um veículo tipo Siena, de cor preta, que chegaram atirando.

O fato ocorreu por volta das 4h, no momento que Pedro estava na esquina da rua. Os criminosos pararam o carro, um deles desceu e com uma pistola efetuou cerca de dez disparos, acertando seis na vítima.

O vigia ainda tentou escapar dos assassinos, mas morreu na varanda de uma residência. Policiais da Dehom estiveram no local do crime, colheram informações e solicitaram imagens do circuito de segurança de uma empresa. Até o fechamento desta edição, na quinta-feira, 18, a redação não tinha informações sobre o paradeiro dos crimonosos. 

19 de Setembro de 2014

Segurança é baleado durante assalto a mercado

Um segurança ainda não identificado foi baleado durante um assalto, na tarde da última quarta-feira (17), no Loteamento Jardim Progresso, bairro Nossa Senhora da Apresentação, zona Norte de Natal. De acordo com a polícia, os autores dos disparos foram dois homens que invadiram e assaltaram o mercado onde trabalhava a vítima, na rua Sampaio Correia.

Segundo o major Manoel Kenedy, comandante do 4º Batalhão da PM, os criminosos chegaram ao local em uma motocicleta tipo Traxx, entraram no estabelecimento anunciaram o assalto mas foram surpreendidos pelo segurança do local, no entanto um dos suspeitos de posse de um revólver atirou em direção a vítima a atingindo.

O policial ainda relatou que imediatamente os suspeitos fugiram deixando o veículo abandonado em outro Loteamento. "Estamos realizando diligências em vários pontos da zona Norte e principalmente em na rua Germínio Benígno, no Vale Dourado, onde os assaltantes foram vistos", disse.

O segurança depois de ferido foi conduzido para o hospital Santa Catarina por uma equipe do SAMU, onde se encontra sob cuidados médicos. A reportagem do Portal BO tentou falar com o serviço social da unidade, mas ninguém atendeu o telefone. 

19 de Setembro de 2014

Passageiros de ônibus são assaltados e desta vez bandido atira dentro do veículo

noticiaq

O ônibus ía para a zona Norte, quando de repende uma bala atingiu a placa do veículo

Os assaltos em ônibus continuam na capital potiguar. Na noite da última quarta-feira, dia 17, um ônibus da linha 73 foi alvo de assalto, no bairro de Igapó, na Zona Norte de Natal. Segundo a Polícia Militar, o ladrão levou o dinheiro do caixa e vários celulares dos passageiros. Antes de fugir, ele ainda atirou dentro do veículo, mas ninguém ficou ferido.

O ônibus assaltado liga o conjunto Santarém, na Zona Norte, ao bairro de Ponta Negra, na Zona Sul da cidade. Ainda de acordo com a polícia, o crime aconteceu durante a travessia da Ponte de Igapó. O cobrador do veículo, que não quis se identificar, contou que o criminoso foi bastante violento. 

"Na hora, eu pensei que o tiro tinha sido em mim. Fiquei desesperado. O tiro foi bem próximo de onde eu estava", disse o trabalhador.

Para o motorista, o sentimento é de impotência. "A gente se sente impotente. O meu cobrador vai pedir as contas porque não aguenta mais. Infelizmente, todo dia é desse jeito. A gente não sabe mais o que fazer", lamentou.

Após o crime, o ladrão fugiu a pé. A polícia realizou diligências na região, mas ninguém foi localizado. O caso foi registrado na Delegacia de Plantão da Zona Norte, em Natal. 


JM